Likes 0 Likes

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Mestre Cruz

  • *
  • Administrador
  • Hero Member
  • *****
  • Mestre Cruz
  • Mensagens: 854
  • Sexo: Masculino
  • Especialista em Ocultismo
  • Avaliação: 0
    • Ver Perfil
    • Mestre Cruz
Os 9 Círculos Dantescos
« em: Outubro 01, 2018, 04:11:02 »


O Primeiro Círculo Infernal ou da Lua:
É também chamado de Limbus, a ante sala do inferno, região dos mortos, é representada por todas as cavernas do mundo que, entrelaçadas formam esta região, está localizada sob a epiderme do planeta, numa vibração molecular inferior à física, portanto não pode ser vista com os olhos, obviamente os seres que habitam tal região não enxergam o elemento que a constitui: a terra.

O número de leis é o dobro do mundo físico: 96 leis.

Aqui vivem os desencarnados que acreditam estar vivos, a consciência aqui ainda não é desperta, e a involução ainda não se iniciou.

 

O Segundo Círculo Infernal ou de Mercúrio:

Inicio da involução que ocorre após o término da centésima oitava existência.

Aqui encontramos ao demônio Minos que com sua cauda dá ao involucionante o circulo correspondente o qual passará a maior parte de seus dias.

Nesta região encontra-se muitos anjos e boddhisattwas caídos, é a região dos fornicários.

Aqui se purga os eus da fornicação.

O número de leis é de 192 (o dobro do círculo anterior).

O Terceiro Círculo Infernal ou de Vênus:

O número de leis neste círculo é de 288.

O mundo das orgias e dos bacanais.

Aqueles que viveram sempre de orgia em orgia, de cantina em cantina, banquetes, bebedeiras, sabem muito bem o que se sente após uma noite de farra.

Muitos querendo afogar no vinho o estado desastroso em que ficam depois de uma bebedeira, continuam pelo caminho do vício até chegar à catástrofe total de seu organismo.

É a região dos glutões, dos gulosos, dos prazeres carnais.

Mundo dos adúlteros.

O Quarto Círulo Infernal ou do Sol:

Nesta região encontra-se involucionando os avaros e os esbanjadores.

Desobedientes da Lei do eterno trogo-auto-egocrático-cósmico-comum.

O número de leis que regem esta infradimensão é de 384.

Mundo dos cobiçosos e exploradores de corpos e almas.

O Quinto Círculo Infernal ou de Marte:

Círculo das pessoas irônicas, furiosas, soberbas, altaneiros e orgulhosos.

Mundo da ira e da violência.

Os eus, partes da criatura vivente tenta fugir de suas próprias criações, possuem olhos não na frente, mas nos lados assim como os pássaros.

480 leis, o que torna a vida nesta região bastante material.

O Sexto Círculo Infernal ou de Júpiter:

Círculo que possui 576 leis, o tempo é bastante lento nesta região.

É o mundo dos ateus materialistas, os que odeiam a divindade, os ditadores, os maus lideres, os péssimos pais de família, que possuindo bens negam apoio à seus filhos.

Pessoas que intentam ensinar religião com paus e açoites, como se isso o pudesse aprender com castigos.

Sétimo Círculo Infernal ou de Saturno:

Corresponde a paixão animal violenta.

Violência contra a natura: abortos, masturbação, homossexualismo, lesbianismo, etc.

“Existe violência contra a natura quando violentamos os órgãos sexuais.

Existe tal delito quando o homem obriga sua mulher a efetuar a cópula, não estando ela com disposição de faze-lo.

Existe tal delito quando a mulher obriga o homem a efetuar a cópula, não se achando este com disposição de faze-lo.

Existe tal delito quando o homem se auto-obriga, violentando-se a si mesmo, para efetuar o coito, não se encontrando o organismo em condições aptas para isso.

Existe tal delito quando a mulher se auto-obriga para efetuar a cópula, não se achando seu organismo em condições realmente favoráveis.

Existe tal delito naqueles que cometem o crime de violação sexual, posse de outra pessoa contra a vontade da mesma.

Como entre as cadencias do verso também se esconde o delito, não é pois, de se estranhar que se cometam violências contra a natura quando se obriga o falo a entrar em ereção, não se achando este ultimo em condições realmente favoráveis para o coito.

Existe violência contra a natura quando, com o pretexto de praticar magia sexual, ou ainda com as melhores intenções de se auto-realizar, auto-obriga-se o varão a realizar a cópula alquímica, ou obrigue sua mulher com este propósito, não se achando os órgãos criadores no momento amoroso preciso e em condições harmoniosas favoráveis, indispensáveis para a cópula.

Existe violência contra a natura naquelas damas que, necessitando de auto-realização íntima, violentam sua própria natureza, auto-obrigando-se desapiedadamente para realizar a cópula, não se achando certamente nas condições requeridas para a mesma.

Existe violência contra a natura nos masturbadores, ou naqueles que realizam a cópula química, estando a mulher em menstruação.

Existe violência contra a natura quando os cônjuges realizam a união sexual, achando a mulher em estado de gravidez.

Existe violência contra a natura quando se pratica o Vajroli Mudra de tipo forte várias vezes ao dia ou à noite, não se achando os órgãos sexuais em condições realmente favoráveis e harmoniosas.

Existe violência contra a natura quando se pratica magia sexual duas vezes seguidas, violando as leis de pausa magnética criadora”.

Ainda se comete crime contra a natura através de enxertos ou obrigando animais a copular, nas inseminações artificiais, etc.

Existe ainda neste círculo a violência contra Deus, os que não querem nada com o divino.

São 672 leis. Agora se entende a necessidade de respeitar as recomendações dadas na aula 04 (O TANTRISMO) a respeito da magia sexual.

Oitavo Círculo Infernal ou de Urano:

O ego começa a ser destruído neste círculo, sendo tragado pela serpente, o aspecto negativo da própria Mãe Divina (serpente tentadora do Éden).

Círculo dos falsos alquimistas (os tântricos negros), os falsificadores de metais, aqueles que cristalizaram negativamente, os falsificadores de moedas, os mentirosos, os que deturpam a verdade, os aproveitadores de pessoas, os incestuosos, os semeadores de discórdia, os maus conselheiros, os que prometem e não cumprem, a falsidade, os escandalosos.

O número de leis: 768.

A pessoa que permite que algum dos egos citados acima tome conta de sua vida, percebe que a mesma se torna extremamente complicada e dolorosa, pois se conecta com esta infradimensão da natureza.

Nono Círculo Infernal ou de Netuno:

Materialidade absoluta com 864 leis, é o final do desdobramento do Raio da Criação. Aqui ocorre a desintegração total do ego, o ego se mineraliza.

É o círculo do sexo.

Lar dos traidores.

Quando uma pessoa comete o crime de alta traição, matando pessoas, ela é imediatamente julgada e lançada ao abismo, ficando em seu corpo algum demônio escolhido pela Lei.

Nesta região a pessoa se decompõem em pedaços, até se reduzir ao pó.

No final, determinados Devas avaliam a pessoa e se ela estiver completamente limpa, a mesma é retirada do abismo e inicia uma nova jornada de Evolução nos reinos mineral, vegetal e animal, até reconquistar um dia, o estado de humanóide intelectual e recomeçar o ciclo de 108 existências.

https://ocultismo-e-vampirismo.blogspot.pt/2010/01/os-9-circulos-dantescos.html


  • Gosto    Nao Gosto    Supreendido    Medo    Triste    Sorriso    Terror    Piscar    Desconfio    Lágrimas
Especialista em Trabalhos de Ocultismo.
https://mediumcruz.com